Imprimir

ONTEM E HOJE

on .

 ONTEM

A 21 de Novembro de 1796, na festa da Apresentação de Maria no Templo, Maria Rivier e quarto companheiras têm a audácia de fundar uma comunidade na povoação de Thueyts, em Ardèche (França). Juntas, “consagram-se a Deus e à instrução da juventude.”

Esta obra começou num tempo de perseguição, diz Maria Rivier, nos dias em que quase ninguém ousava dizer-se cristão.  No meio desta confusão, algumas pobres jovens reunem-se… Pobres, são de facto essas cinco jovens, até à extrema penúria. Porém, nada pode impedir o fogo que as abrasa de querer propagar-se: “fazer conhecer e amar Jesus Cristo”, é toda a sua vida.

Qual será o futuro desta pequenina esperança, que brota assim nesta Igreja de França, mergulhada na tempestade? É desmedida a aventura em que o vento abrasador do Espírito arrebata a jovem fundação! E eis que bem depressa o fogo se propaga! Dezenas de pequenas comunidades se acendem nas paróquias, como outros tantos focos de educação cristã.

Quem fez tudo isso?… Maria Rivier não cessa de afirmar: Tudo nos vem de Deus e da Santíssima Virgem!  É, pois, a Maria que ela atribui o título de fundadora: Sim, Maria quis que esta casa lhe fosse totalmente consagrada, que tivesse o nome da sua Apresentação; Ela é a sua fundadora e superiora.

HOJE

Em 1996, as Irmãs da Apresentação de Maria celebram o segundo centenário da sua fundação. É uma ocasião para as Irmãs e para os seus amigos, para celebrar a fidelidade do Senhor para com esta família religiosa que Ele guardou viva e unida ao serviço da Igreja, apesar dos sobressaltos da História.

Actualmente, cerca de mil e quinhentas religiosas estão presentes em dezoito países do mundo.

        Em África: em Moçambique, no Senegal, na Gâmbia, nos Camarões. 
        Na América do Norte: no Canadá, nos Estados Unidos.
        Na América do Sul: no Peru, no Brasil, no Equador.
        Na Ásia: no Japão, nas Filipinas.
        Na Europa: na França, na Inglaterra, na Espanha, em Portugal – no continente e na lha da Madeira, na Itália, na Irlanda, e na Suíça

Na fidelidade à graça própria recebida por Maria Rivier, o espírito apostólico da Congregação manisfesta-se através do anúncio explícito de Jesus Cristo.   Regra de Vida

No entanto, a prioridade permanece a educação da juventude através do ensino. A este nivel, sobretudo, vive-se uma intensa e fecunda colaboração entre as Irmãs e os Leigos.

A disponibilidade das Irmãs para a missão permite à Congregação de guardar o seu fervor missionário. De Este a Oeste, do Sul ao Norte e vice versa, algumas Irmãs  são envidas em missão.  As comunidades internacionais assim formadas evangelizam, não unicamente pela palavra, mas também pela comunhão fraterna vivida em nome de Jesus Cristo. “Ponhamo-nos juntas”, diz-nos hoje Maria Rivier, e continuemos com confiança rumo ao FUTURO!