Imprimir

Madre Angèle Dion

on .

Desde o fim de Novembro que a comunidade de Castel se enriqueceu pela chegada de cinco novos membros. 
Esperando ter a alegria de vos visitar “em vossa casa”, tenho a felicidade de vos apresentar as que formam doravante o novo Conselho geral.

Imprimir

Ir. Madeleine Mendy

on .

Ir. Madeleine Mendy nasceu em 1950 em Bakoteh, Gâmbia, na África do oeste. Fez os seus estudos, primário e secundário, na escola Santa Teresa, Kanifing e mais tarde na escola Mount Saint Mary’s em Exeter, Inglaterra. Entrou na vida religiosa em Outubro de 1969 e fez a sua primeira profissão em Fevereiro de 1973 na sua paróquia de Santa Teresa. A Ir. Madeleine recebeu o seu Certificado como professora de inglês e de educação religiosa do Colégio Milton, Maggai, Serra Leoa. Como formadora serviu como responsável das postulantes, Mestra de noviças e responsável das jovens professas. A  Ir. Madeleine foi também Assistente para a Região da Senegâmbia durante nove anos e Coordenadora da Missão da Gâmbia durante três anos. Fala seis línguas: inglês, francês, Wolof, manjago, jolla e mandingo. A Ir. Madeleine gosta de ler, fazer jardinagem, visitar e rezar com as famílias. Gosta da literatura africana assim como de filmes policiais e “westerns” clássicos. A sua Palavra de Deus favorita vem de João 14, 1: “Não se turve o vosso coração; Acreditai em Deus, acreditai também em Mim”.

Imprimir

Ir. Geneviève Couriaud

on .

Ir. Geneviève Couriaud  nasceu em 1938, em França. Fez a sua profissão em 1961. Após os estudos de ciências físicas, ensinou durante 15 anos : 10 em França e 5 no Senegal, no seminário médio. Uma das suas grandes alegrias é ter dois dos seus alunos bispos e cerca de trinta que se tornaram sacerdotes. Em seguida estudou direito canónico na Universidade Pontifício Gregoriana, em Roma. Após vários serviços em França, foi nomeada conselheira provincial, em 2004 e Assistente provincial em 2010. Fala francês e italiano e põe-se agora com coragem a estudar o inglês. Gosta da Leitura e de andar a pé. A Palavra de Deus que a faz viver e avançar: Ele em vós e vós em mim.

Imprimir

Ir. Maria dos Anjos Alves

on .

Ir. Maria dos Anjos Alves nasceu em 1950, em Portugal. Fez a sua Profissão religiosa a 29 de Setembro de 1970, em Fátima. Após os seus estudos em ciências religiosas, ensinou “educação moral e religiosa católica” durante 20 anos em duas escolas públicas. Em 1984 é nomeada conselheira provincial, em 1995 Assistente provincial e em 2000 Superiora provincial da Província de Portugal. Gosta da leitura e do silêncio. Uma Palavra de Deus forte para ela é: “Se alguém Me ama, guardará a Minha Palavra; Meu Pai amá-lo-á e viremos a ele e faremos nele morada.” Jo. 14, 23

Imprimir

Ir. Claudette Casavant

on .

Ir. Claudette Casavant vem da Província de Prince Albert, Canadá. Nasceu a 15 de Dezembro, 1950, a primeira de três filhos. A sua vocação para a Apresentação de Maria foi marcada pelo testemunho de Alegria que ela viu na vida das irmãs que conheceu quando era aluna. Fez a sua primeira profissão a 14 de Agosto de 1971. Recebeu a sua formação profissional em educação, formação religiosa e acompanhamento espiritual. Viveu ricas experiências como superiora local, conselheira provincial, professora, formadora, acompanhante e administradora duma paróquia. A sua competência e a sua dedicação foram um bom apoio para a administração geral da nossa Congregação. A Ir. Claudette não é uma estrangeira para nós, visto que já realizou um primeiro mandato de seis anos como Conselheira geral. As Províncias e Regiões que visitou recordam-na como uma pessoa com uma atenção cheia de amor para cada uma, gentil, amiga e calorosa. É uma pessoa que gosta da vida! A leitura, perder-se num bom livro é a sua melhor maneira de viver o seu tempo livre (quando ela o encontra). Entre as criaturas do nosso Deus, ela gosta da borboleta por causa dum sentido especial que ela lhe dá. A Palavra de Deus que a alimenta encontra-se no salmo 84; “Feliz aquela de quem és a força, abrem-se caminhos no seu coração.”

Imprimir

Ir. Susan Frederick

on .

Ir. Susan Frederick nasceu em Methuen, Massachusetts, USA em 1954. Fez profissão em 1980. É bilingue, falando o inglês e o francês. Durante vários anos, ensinou nas escolas paroquiais elementares do Maine e de Massachusetts. A Irmã Susan tem um diploma em educação do Colégio Rivier, uma licenciatura em Espiritualidade e um certificado em acompanhamento espiritual da universidade jesuíta de Creighton. Serviu a sua Província no noviciado, como Assistente Provincial, na Pastoral das Vocações e como Presidente da nossa escola secundária em Methuen, a Academia Apresentação de Maria. A Irmã Susan gosta da natureza, de andar a pé, de música e da leitura. Uma Palavra que lhe dá vida vem de João 15, 5 “Aquele que permanece em mim e eu nele; esse dá muito fruto.”

Imprimir

Ir. Charito Gorgonio

on .

A mais nova do nosso Conselho Geral é a Ir. Charito Gorgonio da Província das Filipinas. Nasceu a 18 de Setembro de 1964, pronunciou os seus primeiros votos a 1 de Maio de 1988. Fala o visayan, o tagalog e o inglês. O francês torna-se agora um dos sues novos desafios. A sua formação profissional é em pedagogia e em acompanhamento para a formação inicial. Ensinou nas nossas escolas PM nas Filipinas, fez pastoral no campus da escola e foi Assistente para a Pastoral das Vocações. Durante cinco anos foi missionária em Sligo, na Irlanda, onde se implicou na pastoral dos jovens e no apostolado da adoração que é o nosso em Sligo. Durante esse tempo, participou também no encontro europeu para a Pastoral das Vocações. Neste últimos seis anos, acompanhou as professas temporárias da sua Província. Foi secretária e membro do Conselho Provincial. Estas experiências variadas serão certamente preciosas para o seu novo serviço de Conselheira Geral. Como passatempo, ela gosta muito das plantas (alguns dizem que ela tem “polegares verdes”!!!). Isso prestará grande serviço às numerosas plantas da “Casa”. Também gosta de cozinha e aprecia muito a natureza.  Uma Palavra de Deus que lhe dá vida: “Como o Pai me amou, também eu vos amei. Permanecei no meu amor.” Jo. 17, 9